Controle de Processos

Aqui você poderá acessar seus processos diretamente.

Cotação Monetária

Moeda Compra Venda
DOLAR 4,09 4,09
EURO 4,55 4,55
LIBRA ES ... 5,29 5,29
PESO (ARG) 0,07 0,07
PESO (CHI) 0,01 0,01

Cotação da Bolsa de Valores

Bovespa 0,92% . . . .
Dow Jone ... % . . . .
NASDAQ 0,02% . . . .

Newsletter

Endereço

Centro Executivo Beira Mar Continental

Fúlvio Aducci 1360 sl. 503
Estreito
CEP: 88075-000
Florianópolis / SC
+55 (48) 30915577

Notícias

Ministros do STF são homenageados com Troféu Dom Quixote e Medalha do Mérito Justiça & Cidadania

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Dias Toffoli, abriu nesta quarta-feira (9) a cerimônia na qual foram homenageados os ministros Edson Fachin e Rosa Weber - com o Troféu Dom Quixote de La Mancha - e a ministra Cármen Lúcia - com a Medalha do Mérito Justiça & Cidadania. Essa é a 29ª edição da solenidade, que agracia anualmente personalidades de destaque na defesa da ética, da moralidade, da dignidade, da justiça e dos direitos da cidadania. A condecoração, oferecida pela Confraria Dom Quixote e pela revista “Justiça & Cidadania”, foi inspirada nos personagens criados pelo escritor espanhol Miguel de Cervantes. No início da solenidade, Toffoli destacou que a comenda faz parte da história da Justiça brasileira. “A premiação brinda todas as personalidades que se destacam por seus incessantes e laboriosos esforços em benefício dos ideais constitucionais, pessoas que contribuem para que o país avance cada vez mais no caminho do desenvolvimento e da paz social”, disse. Segundo o presidente do STF, o objetivo das instituições é promover a cidadania plena na vida de cada brasileiro mediante a efetividade dos direitos civis, sociais, políticos, econômicos, culturais e de minorias. O ministro destacou que o Poder Judiciário e as instituições essenciais à Justiça – Ministérios Públicos, advocacias pública e privada, Defensoria Pública - têm contribuído decisivamente para concretização desses ideais. “Que as homenagens aqui feitas nos sirvam de inspiração para que sigamos obstinados na defesa e promoção da justiça, da cidadania, da República e da Democracia”, finalizou. Segundo o presidente do Instituto Justiça & Cidadania, Tiago Salles - filho do idealizador da comenda, o jornalista Orpheu Salles (falecido) – seu pai acreditava que em cada juiz há um Dom Quixote, em razão da busca incessante e diária pela justiça. Ele explicou que, depois de ser agraciado com o Troféu Dom Quixote, o homenageado pode receber o troféu Sancho Pança, que significa a fidelidade e a lealdade aos mesmos princípios. Tiago Salles também contou que, após as duas condecorações, há uma terceira, a Medalha do Mérito Justiça & Cidadania, oferecida na edição deste ano à ministra Cármen Lúcia e ao presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), ministro João Otávio de Noronha. “Criamos a medalha para continuar homenageando esses brasileiros e brasileiras que trabalham tanto pelo Brasil e que fazem a diferença na nossa sociedade”, afirmou, ao ressaltar que, até hoje, somente receberam a medalha os ministros Dias Toffoli, Ricardo Lewandowski e Marco Aurélio, que foi o primeiro magistrado a receber o Troféu Dom Quixote, em 1999.
09/10/2019 (00:00)
© 2019 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia